domingo, 28 de novembro de 2010

bonito 24/08/07

eu me digo, bonito
digo da sobremesa
bonito. Se põe mesa
na grande diversidade
de uma cidade tão linda
que há inda honestidade

verdade na minha terra
se fala escancarado
coitado do cidadão
que não vive prevenido
do grito da multidão
que amassa a massa do pão
e vive depois da guerra

Nenhum comentário: